O que não é alisamento capilar?

Alisamento

O mundo do alisamento capilar possui inúmeras técnicas. Com isso, é inevitável que algumas informações fiquem confusas. Afinal, o que é, e o que NÃO é, alisamento capilar? 

Para responder a essa pergunta, a Ponto Bela reuniu os procedimentos capilares mais confundidos com o alisamento, cuja função não é, de fato, alisar. Se você tem alguma dúvida sobre selagem, realinhamento, botox ou escova de morango, este artigo foi feito para você!

1. SELAGEM

Quem deve usar?

Ela é recomendada para cabelos quebradiços e danificados pelo uso constante de químicas. Além disso, cabelos que estejam sem nutrientes, devido a banhos quentes e procedimentos frequentes. 

Geralmente, esses fios apresentam frizz, quebra, pontas duplas e problemas para pentear. A selagem, então, é usada para reverter esse cenário. Ela repõe os nutrientes necessários e ainda fornece brilho e maciez.

Como funciona?

Após a lavagem com um shampoo anti-resíduo, que abre bem a fibra capilar, as cutículas precisam ser seladas.

Para isso, são utilizados produtos ricos em queratina com o auxílio de ferramentas de calor (escova ou prancha). A queratina é uma protéina que representa 90% da formação dos fios e é essencial para elasticidade e fortalecimento.

Ela também funciona como uma capa protetora, evitando a perda de água dentro da fibra capilar.

Contudo, a selagem não possui ativos de alisamento em sua composição, já que o seu objetivo não é alisar o cabelo, e sim tratar e nutrir. 

o-que-nao-e-alisamento-capilar

2. REALINHAMENTO CAPILAR

O realinhamento é uma técnica que promove, como o nome sugere, o alinhamento dos cabelos sem o uso de químicas como o formol. Ele é feito à base de aminoácidos naturais, sem riscos à saúde ou danos aos fios.

O tratamento ainda controla o frizz, reduz o volume e aumenta a camada protetora dos fios, prevenindo danos futuros.

Quem deve usar?

Esse tratamento é especialmente recomendado para cabelos rebeldes, já que ele alinha, corrige e preenche a fibra capilar. Dessa forma, ele controla o volume dos fios ondulados e os deixam mais lisos. Além disso, cabelos cacheados e crespos também podem utilizar dessa técnica, para maior definição.

Também é importante destacar que: alinhamento é diferente de alisamento. Assim, apesar de oferecer aparência mais lisa para os fios rebeldes ou ondulados, o efeito não é o mesmo em ondas e cachos.

Porém, atenção à descrição dos produtos! Muitas marcas utilizam o nome realinhamento para a progressiva. Então, é essencial ter atenção, principalmente se o efeito desejado não for de progressiva.

3. BOTOX

Como funciona?

O botox hidrata e preenche a fibra dos fios, sendo assim, indicado para o tratamento interno dos cabelos. Isso faz com que os cabelos recuperem brilho e elasticidade, e que a técnica seja perfeita para garantir saúde e recuperação capilar.

A fórmula do botox é geralmente composta por vitaminas e proteínas. Ela não contém ativos de alisamento em sua composição e diminui o volume dos cabelos por meio da hidratação. Assim, com a hidratação intensa, por vezes o cabelo ganha um aspecto mais liso. 

Quem deve usar?

Cabelos danificados por pranchas, secadores ou tratamentos químicos, como coloração ou progressiva, se beneficiam desta técnica. Ademais, o seu efeito dura cerca de 30 a 45 dias, dependendo do produto utilizado.

o-que-nao-e-alisamento

4. ESCOVA DE MORANGO

Como funciona?

A Escova ou Banho de Morango tem como objetivo diminuir o volume e aumentar a maciez do cabelo, sem componentes químicos. Ou seja, este tratamento não é um alisamento e não elimina a curvatura dos fios.

Dessa maneira, muitas pessoas que alisam os cabelos com componentes químicos aplicam a escova de morango apenas para intensificar o efeito liso. 

Quem deve usar?

Todos os tipos de cabelo podem utilizar a escova de morango. Contudo, ela é especialmente indicada para quem tem o cabelo poroso e ressecado, já que a combinação do extrato de morango com a queratina diminui o aspecto seco.

Ademais, outros compostos presentes na escova de morango são lipídios, minerais e proteínas da seda, que evitam o ressecamento após processos e tratamentos que envolvem química.

Assim, a escova de morango proporciona um resultado muito natural aos fios, deixando-os mais fortes e macios. Ela diminui de forma significativa o volume e frizz.

Conseguiu perceber a diferença entre os procedimentos?

Nenhum dos procedimentos capilares citados acima é um tipo de alisamento. No máximo, eles oferecem a redução do frizz  e ressecamento, o que não resulta no efeito liso que uma progressiva oferece.

 

Continue acompanhando nosso blog para mais informações sobre cosméticos e cabelo!

Icon PontoDestaques

Dicas: Crie um ambiente agradável para o seu salão de beleza

Coloração para Cabelos Cacheados: Tendências e Dicas

Icon PontoMais Lidas

Icon PontoMais Buscados Hoje

Ver Mais

Voltar ao topo